“A leitura é, provavelmente, uma outra maneira de estar em algum lugar.”

José Saramago

BE/CRE Escola Secundária Fernando Lopes Graça

Ana Escudeiro | Professora Bibliotecária

8:30h / 16:00h (exceto à 4.ªfeira que encerra às 13:35h)

BE/CRE
Escola Básica de Santo António da Parede

Professora Bibliotecária

Horário

LudoBiblioteca EB Parede Leonor Pêgo | Técnica Ludobibliotecária Horário Normas de funcionamento

Ludobiblioteca
EB Murtal

Teresa Tomé | Técnica Ludobibliotecária

Horário

Normas de funcionamento

BE/CRE

A biblioteca escolar/centro de recursos educativos (BE/CRE) é um espaço pedagógico existente em duas das escolas do agrupamento (EB 2,3 de Sto. António e Escola Secundária Fernando Lopes Graça), proporcionando aos alunos, professores e comunidade educativa o acesso à informação, educação, cultura, fruição e lazer. Este espaço de interação e conhecimento faculta aos seus utilizadores o livre acesso a documentos em diferentes tipos de suporte e um conjunto de serviços e atividades adequadas ao público alvo.

A biblioteca escolar proporciona informação e ideias fundamentais para o sucesso dos nossos alunos na sociedade atual, baseada na informação e no conhecimento. A biblioteca escolar desenvolve nos estudantes competências para a aprendizagem ao longo da vida e desenvolve a imaginação, permitindo-lhes tornarem-se cidadãos responsáveis.

In diretrizes para as bibliotecas escolares (IFLA/UNESCO)

a) integrar-se no projeto educativo e dar cumprimento ao plano anual de atividades;

b) contribuir para a organização de um fundo documental adequado às necessidades da comunidade escolar;

c) possibilitar a acessibilidade aos recursos existentes, permitindo o desenvolvimento de competências que constam da gestão flexível do currículo;

d) desenvolver competências e hábitos de trabalho e de pesquisa baseados no tratamento, produção e comunicação de informação;

e) estimular o prazer da leitura, o desenvolvimento da criatividade e a produção de documentos nos diversos suportes;

f) contribuir para o desenvolvimento cultural de toda a comunidade escolar;

g) apoiar os professores na planificação das suas atividades letivas;

h) proporcionar condições que permitam a reflexão, o debate e a crítica, nomeadamente através das atividades de intervenção cultural da biblioteca;

i) valorizar e divulgar o património do concelho, nomeadamente através da organização de fundos locais;

j) promover a articulação entre as escolas do agrupamento;

k) apoiar os projetos que tenham como objetivo contribuir para o desenvolvimento da relação escola-meioi

Ludobibliotecas

Os Espaços Lúdicos são estruturas de educação não formal que privilegiam a atividade lúdica e a livre escolha, abertos à comunidade, e que promovem o desenvolvimento de competências sociais, afetivas e cognitivas. Ludobiblioteca Espaço escolar de abertura à comunidade, de incentivo à ludicidade, leitura e lazer, situando a escola enquanto pólo estratégico de desenvolvimento de uma comunidade e com apelo à participação das famílias. Ambos são espaços privilegiados de incentivo à ludicidade, leitura e tempo livre, para todos. in “Carta de Qualidade de Espaços Lúdicos da CMC”
Oferecer à comunidade escolar espaço e recursos à qualidade do ensino. Propõe-se como dinamizador na valência da articulação curricular de abordagem não formal, assim como estrutura promotora da qualidade do tempo livre da criança na escola. No sentido de dar uma resposta transversal ao projeto Escola a Tempo Inteiro, acolhe no seu espaço outros serviços tais como o CAF, AAAF e abertura à comunidade aos sábados com oferta de oficinas e dinâmicas livres e gratuitas.
Dinamizar as atividades em articulação com o projeto pedagógico do Agrupamento, Escolas e filosofia pedagógica da parceria (ABLA). Articular com o corpo docente da escola, coordenação da RBE e CMC – Rede de Espaços Lúdicos, no sentido de levar o projeto a bom termo. Criar um PAA para o projeto. Promover a leitura e o usofruto da biblioteca assim como da ludoteca. Gestão de materiais e dinâmicas.

Leonor Pêgo | Coordenadora de Terreno Ludobibliotecas e AEC AEP

Leonor Pêgo | Técnica Ludobibliotecária EB Parede

Teresa Tomé | Técnica Ludobibliotecária EB Murtal

Ana Correia | Monitora EB Parede